O urologista Claudio Murta foi um dos palestrantes convidados do “Proteus Intensivão 2018”, um programa de reciclagem em urologia da Sociedade Brasileira de Urologia, para uma aula sobre câncer de testículo.

Estiveram presentes na apresentação centenas de médicos e especialistas de todo o país, acompanhando debates sobre tratamento de doenças urológicas, em uma oportunidade para trocar de conhecimento e experiências clínicas.

Embora seja considerado raro, o câncer de testículo se desenvolve principalmente em homens de até 35 anos. Quando diagnosticado em fase inicial, as chances de cura chegam a 95%.

“Ao perceber qualquer anomalia ou desconforto no aparelho sexual, o homem tem que procurar ajuda de um especialista. O sucesso de um tratamento médico está diretamente ligado ao diagnóstico precoce da doença”, explica o especialista.

Saiba mais sobre câncer de testículo aqui

Fale Conosco    +55 11 3288-1426